Maison

MNK Entrevista: Cubo3 Arquitetura

MNK Entrevista: Cubo3 Arquitetura

Dentro da nossa série de entrevistas com profissionais que admiramos, hoje conversamos com o Cubo3 Arquitetura. O escritório, localizado em Brusque, Santa Catarina,  conta com o trabalho do designer e engenheiro sanitarista Felix Valle Júnior e das arquitetas Janine Fischer e Mariana Wippel.

As cozinhas são uma parte especial em qualquer projeto. Elas são locais de confraternização entre amigos e para dividir experiências gastronômicas, por isso é um espaço tão visado no imóvel. Nessa entrevista, conversamos sobre a importância da escolha dos eletrodomésticos que compõem este cômodo.

MNK – Já que um projeto sempre começa com o diagnóstico do desejo/necessidade de uma família ou proprietário, como funciona e em qual momento do projeto acontece a escolha dos eletrodomésticos?

CUBO3 – Geralmente, na fase inicial do projeto buscamos definir o plano de necessidades do ambiente e também identificar o perfil do cliente. Importante identificar qual a relação dele com a cozinha/espaço gourmet e quais as suas expectativas em relação a este espaço. Desta forma, podemos especificar o melhor eletrodoméstico.

MNK – Quais são os cuidados antes de escolher os eletrodomésticos para uma cozinha gourmet?

CUBO3 – A nossa prioridade é sempre buscar o que há de melhor no mercado dentro do perfil do cliente. Isto significa que a qualidade do produto será a característica mais importante, seguida de estética, eficácia, ergonomia e operacionalidade. Estas são características determinantes para nós.

MNK – O que diferencia uma cozinha comum de uma cozinha que possui eletrodomésticos premium?

CUBO3 – Além do impacto visual, a operacionalidade. Um produto premium fornece um resultado mais eficiente, mais dinâmico, torna a cozinha um local de prazer.  Acreditamos que a cozinha seja o “coração da casa”, um ambiente que envolve, abraça e cria laços eternos dentro de um lar. Por isso, deve ser criada de maneira especial, seja pela funcionalidade ou pelas sensações que trazem.

MNK – Qual foi o conceito criativo que estruturou a ideia do projeto?

CUBO3 – Funcionalidade, robustez e simplicidade.  Em uma casa contemporânea, o antagonismo dos materiais deram o tom, evidenciando a personalidade dos clientes. Madeira e inox foram os eleitos desta cozinha. É uma mistura que dá certo e se complementa: enquanto o metal aparece como elemento frio, a madeira traz naturalidade e aconchego. São linhas retas, tonalidades neutras e materiais atemporais, porém com toque de cor e graça. É uma cozinha viva, em uma casa com alma!

MNK – Quais as vantagens de ter uma cozinha gourmet?

CUBO3 – Um local para receber de um modo mais caloroso. Onde a arte de cozinhar é compartilhada. Não é só o cozinhar, mas o envolver, impressionar e compartilhar.

MNK – O que levou à escolha do fogão Bertazzoni?

CUBO3 – Em primeiro lugar a qualidade e a confiabilidade no produto, mas em seguida a estética, que agrega muito valor ao ambiente, transformando-o em local de destaque na casa.

 

 

 

Conheça os trabalhos do escritório Cubo3 Arquitetura pelo site e pelo Instagram.