Maison

Feng Shui: o fogão como símbolo de prosperidade

A Cozinha

Por Renata Ayra

No Feng Shui Clássico Chinês a cozinha tem uma importância especial dentro de uma casa, é associada a saúde e nutrição, e é onde são preparados os alimentos que sustentam toda a família. Na antiguidade era considerada o coração da vida comunitária, reunia em seu espaço os cinco elementos primordiais: Fogo, Água, Terra (alimentos), Metal (os utensílios) e Madeira (a lenha), sendo então uma micro representação do cosmos. Por isso é tão importante dar uma atenção especial à disposição de cada eletrodoméstico no ambiente na hora de montar a sua cozinha, olhando sempre para cada detalhe.

Dentro dos estudos do Feng Shui “o alimento assimila o Chi/Qi do lugar onde é preparado, que por sua vez converte-se também em alimento”, por isso a cozinha não deve ficar exposta diretamente à rua. Um ambiente protegido, resguardado, silencioso e calmo é o ideal para abrigá-la. Deve-se evitar ao máximo colocar cozinhas próximas a banheiros, pois o Qi da cozinha é “vivo” e o do banheiro é “estagnado e morto” e isso afeta a qualidade da energia vital da casa.

 

 

 

 

Cuidados com o coração da casa 

A pia e os Eletrodomésticos ganham uma importância maior dentro desse espaço da casa porque são grandes geradores de frequências vibracionais e devem ser posicionados de acordo com os fluxos mais harmônicos do imóvel todo e dos 5 Elementos (da Medicina Tradicional Chinesa). Dentre todos, o mais importante é sem dúvida o Fogão, já que é considerado o coração pulsante da casa, por gerar fogo e transformar os alimentos.

Os elementos Água, Fogo e Metal tem relação de conflito no ciclo dos 5 Elementos. Assim como a pia que ocupa boa parte do espaço, o fogão e a geladeira são os maiores eletrodomésticos dentro da cozinha trazendo as frequências vibracionais desses elementos para o ambiente. Portanto é importante evitar que estejam colocados em oposição direta ou então imediatamente ao lado um do outro, principalmente a Água com o Fogo e o Metal com o Fogo. O fogão deve ficar afastado da pia e da geladeira, seja por por meio de armários ou bancada, por exemplo.

Outra questão importante a se considerar quanto a ciclo dos 5 Elementos é a posição do fogão em relação a outros cômodos da casa. Não é indicado que ele fique localizado atrás ou sob camas (situada num nível superior), pois por vibrar na frequência do Fogo cria-se uma fricção e ativação da energia que acaba por causar distúrbios no sono que, como se sabe, influencia diretamente a imunidade do corpo humano.

Como é associado diretamente com a força propulsora da prosperidade em um imóvel o  fogão não deve ficar de frente para a porta da cozinha ou porta de entrada do imóvel, pois muito desse potencial é perdido nas correntes do fluxo do Chi/Qi quando este alinhamento acontece. Além disso, o cozinheiro não deve ficar de costas para a porta ou janela durante seu trabalho, nem confinado entre armários e prateleiras para poder aproveitar o melhor da energia gerada nesta interação para que toda alquimia do processo na cozinha seja preservada.

Cozinhas monocromáticas acabam desperdiçando o potencial do ambiente, por isso é indicado trabalhar com texturas, materiais formas e cores de maneira a fazer o equilíbrio dos 5 Elementos no espaço respeitando o gráfico do Feng Shui do imóvel. Isso vale para os móveis e eletrodomésticos que serão inseridos no ambiente.

 

As Refeições

Da mesma forma que o fogão, é importante evitar que mesas de cozinha e de sala de jantar fiquem de frente para banheiros ou portas de entrada do ambiente ou do imóvel para proteger o momento da alimentação e interação familiar. E como é uma técnica que visa a harmonia dos fluxos e a conexão harmônica entre seres é sempre indicado que as refeições, sempre que possível, sejam compartilhadas entre os membros da família. E também por isso as mesas redondas são mais indicadas para as refeições em família, pois favorecem a integração e colocam todos voltados para um mesmo ponto (o centro da mesa), um objetivo comum.

O movimento dentro de uma  cozinha deve ser confortável e fluído, e isso pode ser feito com um bom estudo dos recursos que temos disponíveis na hora de monta-la, aproveitando inclusive as novas tecnologias em ferragens e materiais que facilitam a nossa vida, assim criamos um espaço muito mais proveitoso para ser compartilhado. Tendo em mente que uma cozinha no Brasil dura em média de 18 a 20 anos, vale muito a pena investir nesse espaço com o que há de melhor em termos de tempo de estudo e até mesmo de equipamentos para utilizar a tecnologia e todas as facilidades ao nosso alcance dentro dos fluxos harmônicos do Feng Shui.

Renata Ayra, sócia fundadora da Luo Pan Artes e Ciências Orientais é consultora de Feng Shui Classico Chinês e Astrologia Chinesa, estudiosa de assuntos relacionados à mente e comportamento humanos. Há mais de 10 anos estuda a relação Homem x Ambiente, ministra cursos, oficinas, palestras e presta consultorias residenciais e comerciais focadas no autoconhecimento, no fortalecimento do poder pessoal e qualidade de vida.

www.luopanconsultoria.com
[email protected]
41 99116-9245 | @luopanarteseciencias